Regulamento

Regras Gerais

São Deveres e Obrigações:


• Respeitar o espaço de treino (Pavilhão/Campo), podendo assistir aos mesmos nos locais devidamente identificados e/ou indicados para o efeito;
• Apoiar a Equipa e o Atleta, estando presente nas competições em que participem;
• Encorajar o Atleta a respeitar as regras da modalidade o espírito de grupo/equipa e o desportivismo;
• Realçar sempre o prazer de fazer desporto e a alegria de conviver em grupo/equipa;
• Elogiar o esforço realizado e os progressos conseguidos do grupo/equipa;
• Aplaudir todas as boas jogadas e as boas marcas alcançadas pelo grupo/equipa;
• Ajudar o Atleta a conciliar a actividade escolar com a actividade desportiva;
• Apoiar e acompanhar os treinos, jogos e demais actividades desenvolvidas pelo Real Futsal Clube de Massamá, incentivando o atleta a participar
• Ter presente que esta é uma actividade de e para os jovens;
• Ter um comportamento respeitador e comedido quer nas vitórias quer nas derrotas e ajudar o atleta a ter uma atitude semelhante;
• Comunicar ao Núcleo Desportivo sobre o desempenho escolar e/ou comportamental do Atleta;
• Não forçar/obrigar os atletas a praticar em qualquer actividade desportiva;
• Evitar discutir com treinadores, adjuntos, árbitros e juízes;
• Não efectuar publicamente comentários de ordem depreciativa referente a comportamentos de atletas, treinadores, árbitros e/ou outros Pais, Tutores e Encarregados de Educação;
• Não interferir no trabalho dos Treinadores, Adjuntos e Preparadores Físicos;
• Não criticar em excesso quaisquer que sejam os resultados alcançados grupo/equipa;
• Evitar criar e/ou ajudar a criar expectativas exageradas sobre o futuro do atleta como praticante da modalidade;
• Não alimentar, com elogios ou outras acções, o aparecimento de atitudes de vedetismo/vaidade no atleta;

Escalões de Competição - Benjamins, Infantis e Iniciados:


• Os atletas têm que ser pontuais e assíduos quer nos treinos quer nos jogos.
• Os atletas serão avisados atempadamente dos horários e locais de treinos e jogos para se poderem organizar.
• Os equipamentos de treino e de jogo são entregues à guarda do atleta, sendo deste a responsabilidade de manter os mesmos, nas melhores condições e de os transportarem para os locais de treino e/ou jogos.
• Em caso de ausência do treino, a mesma deve ser comunicada aos treinadores do respectivo escalão com a maior brevidade possível.
• Em caso de não poder comparecer a um jogo, deve o atleta ou o seu representante avisar os treinadores do respectivo escalão, com a maior brevidade possível, para que seja possível reorganizar e/ou reformular a convocatória.
• As convocatórias para os jogos serão divulgadas atempadamente pelos treinadores dos respectivos escalões e baseadas na avaliação continua efectuada nos treinos semanais, na pontualidade e assiduidade dos atletas, sendo as mesmas da inteira responsabilidade do Núcleo Desportivo
• Os atletas devem fazer uso de equipamento adequado à prática do futsal (ténis, t-shirt do clube, caneleiras, meias, etc…).
• Caso o atleta, no entender do treinador, não se apresentar com o equipamento adequado à prática do futsal, ficará ao critério do mesmo permitir ou não, a participação no treino.
• O atleta deve, em todas as ocasiões, respeitar e acatar as decisões quer do Núcleo Desportivo, quer dos dirigentes do Clube.
• É obrigação do atleta estimar e conservar todo o material destinado aos treinos e jogos (bolas, coletes, bebedouros, pinos, etc..) por este ser caro e ter que ser utilizado por todos os atletas do clube e por este ser essencial aos treinos e para a sua evolução como jogador.
• Fica o atleta obrigado à apresentação da avaliação escolar intermédia e de cada período lectivo aos treinadores do respectivo escalão. O aproveitamento escolar é uma das variáveis a ter em conta, a quando da elaboração da convocatória.

Escola de Futsal - Petizes e Traquinas

Regras de Ouro

O entusiasmo e a boa disposição são característicos normais nos treinos de Futsal.
No entanto, para que os treinos decorram sem problemas, sem acidentes e, sobretudo, com proveito, é necessário que ao atleta seja incutida a responsabilidade de compromisso para com o Clube, de seguir e acatar as indicações dadas pela equipa técnica, no que respeita às regras a cumprir e às tarefas a realizar no treino.
Nesse sentido, os atletas serão informados e devem tomar atenção às seguintes regras de ouro:

• Ser assíduo e pontual:
O atleta deve ser responsável no compromisso para com o Clube, sendo pontual e assíduo, de modo a não prejudicar a sua aprendizagem e a dos colegas de equipa, mostrando desta forma o respeito pelo treino, pela equipe e pela equipa técnica.
• Cuidar dos equipamentos:
Os equipamentos devem estar limpos e apresentáveis, devendo apenas serem utilizados para os treinos e jogos.
• Retirar todos os objectos perigosos:
Os atletas não podem treinar usando objectos que poção ferir os próprios e/ou os colegas de equipa, tais como: relógios, anéis, brincos, fios, pulseiras, etc….
• Cumprir as regras de segurança:
Para evitar acidentes que possam pôr em perigo a integridade física do atleta e a dos colegas de equipa, devem ser cumpridas as regras de segurança definidas e divulgadas pela equipa técnica.
• Cumprir as indicações dadas pela equipa técnica:
Sem a necessária atenção, o atleta terá dificuldades em aprender e executar os exercícios propostos pela equipa técnica. Devendo o atleta participar nos treinos com entusiasmo, sem que isso signifique confusão e algazarra.
• Estimar o material:
É obrigação do atleta estimar e conservar todo o material necessário para os treinos e jogos (bolas, coletes, bebedouros, pinos, etc..) por este ser caro e ter que ser utilizado por todos os atletas do clube e por ser essencial aos treinos e jogos, tendo em conta que o mesmo é utilizado para a sua evolução como jogador.
• Colaboração com os colegas:
Para garantir um bom funcionamento dos treinos, é necessário que cada atleta tenha a percepção e entenda, que nem todos têm a mesma desenvoltura, agilidade e percepção, devendo entreajudarem-se para ultrapassarem as dificuldades. Não devem os atletas ficar aborrecidos quando, por exemplo, nos jogos, tem colegas mais fracos na equipa.
• Cumprir as regras dos jogos:
Para jogar com os colegas, é essencial que o atleta tenha conhecimento pleno e respeite as regras.
• Aceitar a derrota:
Quando participar num jogo, o atleta deve entender que nem sempre se pode ganhar e deve aceitar a vitória do adversário sem aborrecimento.

Objetivos

• Despertar o interesse dos jovens de ambos os sexos, para a prática do Futsal, proporcionando-lhes formação adequada e de acordo com o seu desenvolvimento psicomotor;
• Criar hábitos salutares nos jovens, entendendo esta como uma actividade complementar em relação às suas actividades escolares com uma finalidade eminentemente formativa e social, no respeito integral pelo crescimento harmonioso dos atletas;
• Permitir e facilitar o acesso à prática do Futsal a todos os jovens de ambos os sexos, que o queiram fazer, proporcionando a todos e de igual modo a mesma oportunidade de treinar e jogar, independentemente das capacidades físicas de cada um;
• Ter em conta que, nos escalões de competição e devido às exigências da mesma, as convocatórias para os jogos e/ou para qualquer treino extra, é da responsabilidade apenas do Núcleo Desportivo do respectivo escalão;